Banner Top 202004

'NÃO VOU FALAR COM O WITZEL , VOCÊS JÁ SABEM ONDE ELE ESTARÁ'

df mobilidade

Bolsonaro ouviu diversos relatos de apoiadores contra governadores

O presidente Jair Bolsonaro ironizou o governador Wilson Witzel em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada nesta quarta-feira (3) e disse a apoiadores que “sabe onde” Witzel “vai estar” brevemente.
Ao ouvir a reclamação de um sargento reformado da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro sobre um taxação aplicada pelo governo estadual, o presidente afirmou que não falaria com o chefe do Executivo fluminense.
– Eu não vou conversar com o Witzel. Até porque brevemente já sabe onde ele deve estar – declarou.
Além de Witzel, os apoiadores também criticaram os governadores da Bahia, Rui Costa, de Pernambuco, Paulo Câmara, e do Pará, Helder Barbalho. Bolsonaro disse que recebia todos os relatos, mas que não poderia resolver tudo sozinho já que as atribuições relacionadas à pandemia são dos governos locais.

Leia também: BOLSONARO PUBLICA VÍDEO AO LADO DE UM "VERDADEIRO FASCISTA"

– Eu estou ouvindo aqui. Não tenho poder de resolver tudo. Sou um sozinho. É um sistema que a gente tem pela frente. Vai chegar a um ponto que vai passar o limite de muita gente – afirmou.
O líder do Executivo também aproveitou para criticar os políticos populistas e disse que a população está se conscientizando sobre seus votos.
— O povo vai se conscientizando sobre o que está acontecendo no Brasil. Acabar com esse oba-oba de acreditar no populismo, votar no cara bonitinho, o mentiroso de sempre – completou.

Postar um comentário

0 Comentários