Banner Top 202004

MAIS DE R$ 2 BI JÁ ESTÃO NO TSE (eleições 2020) - TRIBUNAL ONDE ALEXANDRE DE MORAES TOMA POSSE HOJE (02) COMO MINISTRO EFETIVO

DF MOBILIDADE

NA AGENDA OFICIAL DO PRESIDENTE HÁ PARTICIPAÇÃO NA POSSE DE ALEXANDRE DE MORAES COMO MINISTRO EFETIVO DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. INSTÂNCIA QUE RECEBEU NESTA SEGUNDA-FEIRA (01) RECURSOS PARA ELEIÇÕES 2020.

Mais de R$ 2 bilhões destinados ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha, o chamado Fundo Eleitoral já estão com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para serem distribuídos entre os partidos políticos. O total de R$ 2.034.954.824,00 foram repassados nessa segunda-feira (1º) ao TSE, conforme o extrato de Termo de Execução Descentralizada (TED), publicado nessa segunda-feira (1º) no Diário Oficial da União.
O dinheiro deverá ser empregado pelos partidos no financiamento de suas campanhas nas eleições municipais deste ano. De acordo com o tribunal, 30% desses recursos serão destinados às candidaturas femininas. O fundo é constituído por valores do Orçamento da União em ano eleitoral.
O TSE tem agora 15 dias para divulgar o valor a que cada legenda terá direito, de acordo com o Artigo 16-C da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997). A Corte Eleitoral já iniciou os cálculos para saber quanto cada partido receberá.

LEIA TAMBÉM: ANTIFAS QUEIMAM BANDEIRA DO BRASIL EM NOME DA 'DEMOCRACIA'

Após o TSE definir a cota do fundo que caberá a cada partido, mediante solicitação a cada uma das legendas, será feita a transferência dos recursos para uma conta aberta pelo diretório nacional do respectivo partido para atender unicamente a essa finalidade.
Os recursos do Fundo Eleitoral ficarão à disposição do partido político somente depois de a sigla definir critérios para a sua distribuição. Esses critérios devem ser aprovados pela maioria absoluta dos membros do órgão de direção executiva nacional da sigla, e precisam ser divulgados publicamente.
Com informações do Diário do Poder

Postar um comentário

0 Comentários