brb

ABIN - ÓRGÃO INFESTADO DE PETISTAS PERDE RAMAGEM PARA POLÍCIA FEDERAL

FOTO: INTERNET -
Alexandre Ramagem - novo Diretor Geral da Polícia Federal

Último concurso da Agência Brasileira de Inteligência foi em 2017 e teve todas as suas fases aplicadas entre 2018 e 2019. 

O certame ofertou 300 vagas para os cargos de Oficial de Inteligência, Oficial Técnico de Inteligência e Agente de Inteligência,  Que aos poucos vai substituindo os funcionários que entraram na agência no período do governo Lula.
Assim como outros órgãos federais, estaduais e municipais o aparelhamento destes organismos levará muito tempo para que os cargos de chefia e confiança sejam totalmente substituídos.
A indicação do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal, recebeu apoio de peso. Para além do próprio presidente Jair Bolsonaro e família, Ramagem é um nome cuja indicação agradou muito o seu chefe direto há 16 meses: o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Heleno viveu momentos tensos, na crise da demissão de Sérgio Moro: foi ele quem mais se esforçou para aproximar o ex-juiz do presidente eleito.
Ramagem ganhou a confiança do general Heleno pelo profissionalismo à frente da Abin, órgão subordinado ao seu GSI.
Ramagem trabalhou na coordenação de Grandes Eventos no Brasil: Conferência das Nações Unidas Rio +20 (2012); Copa das Confederações (2013); Copa do Mundo (2014); e Jogos Olímpicos (2016).

Postar um comentário

0 Comentários