Banner Top 202004

METRÔ MANTÉM OPERAÇÃO NORMAL, APESAR DA REDUÇÃO DE USUÁRIOS

FOTO. METRÔ DF

Estratégia é adotada para possibilitar o distanciamento entre as pessoas que utilizam o transporte

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) mantém o sistema operando normalmente, apesar da redução drástica no número de usuários. Trata-se de uma estratégia para possibilitar o distanciamento entre os usuários nas estações e nos trens, considerando que o funcionamento do sistema de transporte público é um serviço essencial à população do Distrito Federal e faz parte do esforço governamental de combate ao coronavírus (Covid-19). Pelo sistema, transitam também as forças de segurança e os profissionais de saúde.
Na última segunda-feira (23), o Metrô-DF registrou o menor número de usuários desde o anúncio da pandemia, no dia 11 deste mês, pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O sistema circulou com 30.512 passageiros, o que corresponde a 17,6% da quantidade de pessoas que usam o sistema regularmente numa segunda-feira normal. Desde as primeiras medidas de enfrentamento à Covid-19 anunciadas pelo GDF, o movimento nas estações e trens vem caindo gradualmente, todos os dias da semana, e de forma crescente.
Para garantir a segurança dos usuários e dos empregados, o Metrô-DF reforçou a higienização dos trens e das estações desde o último dia 16, e mantém as janelas basculantes abertas. Também foi instituído o teletrabalho na área administrativa, com dispensa de empregados da operação e manutenção em grupo de risco, bem como foram adotadas outras medidas alinhadas com as diretrizes dos órgãos oficiais e orientações das autoridades sanitárias.
Um grupo de trabalho especial, composto por representantes de diversas áreas da companhia e do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindimetrô-DF), da Associação dos Metroviários (Asmetrô) e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), está em plantão permanente, reavaliando as ações da empresa à medida que chegam novas informações a respeito da evolução dos casos no DF.

Com informações do Metrô-DF

Postar um comentário

0 Comentários