IPVA II

ATOS A FAVOR DE BOLSONARO NÃO SERÃO ADIADOS POR CAUSA DO CORONAVÍRUS

Apesar da preocupação com o coronavírus, os atos a favor do presidente Jair Bolsonaro, no próximo dia 15, serão mantidos. De acordo com os movimentos scoais que estão convocando a população, a situação do Covid-19 está sendo monitorada.

– Nós estamos monitorando tudo que está acontecendo e estamos mantendo os atos para o dia 15. Os jogos de futebol não foram cancelados, os grandes eventos não foram cancelados. Antes de aderirmos a essa manifestação, fizemos uma consulta nas nossas bases em todos os estados brasileiros. Nada nos leva a crer que, neste momento, no Brasil, haja algo que coloque em risco o nosso dia a dia – afirmou Eduardo Platon, líder do Movimento Avança Brasil, ao jornal O Estado de S. Paulo.
O Movimento Avança Brasil nasceu durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Desde então, tem ido sistematicamente às ruas para protestar contra a corrupção.
O movimento popular Nas Ruas, que também surgiu durante o impeachment de Dilma, confirmou que os protestos do dia 15 continuam de pé.
– Manifestação mantida! Vamos seguir as regras públicas! – informou Marcos Bellizia, dirigente do movimento, ao Estado.
Já o República de Curitiba, mais voltado para as pautas da Operação Lava Jato, também mantém as convocações.
– O vírus da corrupção no sistema político do Brasil é mais perigoso que o coronavírus no momento. Se o presidente pedir [para adiar], a gente atenderá – afirmou Paulo Generoso, coordenador do grupo.
Segundo a colunista do Estado Vera Magalhães, Bolsonaro tem sido aconselhado por ministros a pedir o adiamento das manifestações. Os motivos seriam o surto de coronavírus e a crise global da economia.

Postar um comentário

0 Comentários