IPVA II

RODRIGO MAIA ATACA MINISTRO QUE DEMITIU SEU APADRINHANDO DO BILIONÁRIO FNDE

foto:internet


Maia, resignado, ataca Weintraub, porque demitiu seu apadrinhado do bilionário FNDE
Indicado por Rodrigo Maia foi demitido pelo ministro seis meses após sua posse

Durante evento promovido pelo banco Credit Suisse, em São Paulo, nesta quarta-feira (29), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o ministro Abraham Weintraub (Educação), utilizando palavras duras cheias de  mágoas e resignação.
Maia não perdoa Weintraub por demitir seu indicado à ambicionada presidência da Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), cujo orçamento supera os R$60 bilhões por ano. Roberto Dias, o apadrinhado de Maia, foi demitido em dezembro seis meses após assumir o cargo.
Dias é irmão de Alexandre Baldy, ex-ministro de Cidades e atual secretário de Transportes Metropolitanos do governo de São Paulo, e ambos são muito ligados ao presidente da Câmara.
“Como que faz para o investidor olhar que o Brasil tem um ministro da Educação desse?”, provocou Maia. “Nosso país não tem futuro, né? Não tem futuro. Parece um passado ruim, porque conseguiu fazer de um cara desse o ministro da Educação… que construção que nós tivemos”.
Para não chamar atenção de suas razões de suas desavenças com Weintraub, Rodrigo Maia também atacou o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), afirmando que ele perdeu “as condições de ser o interlocutor” do governo na área, sem explicar suas razões.
Recordista no uso abusivo de jatos da FAB, com 238 viagens somente em 2019, o presidente da Câmara não fez qualquer comentário sobre o episódio em que o presidente Jair Bolsonaro demitiu o secretário executivo da Casa Civil por viajar da Suíça à Índia nas asas da FAB.
Com informação do DP

Postar um comentário

0 Comentários