BRB

INCÊNDIO NA HAVAN FOI CRIMINOSO,CONFIRMA A POLÍCIA

foto:internet

A cada dia que passa as evidências confirmam o ato criminoso cometido na réplicca da estátua da Liberdade na loja da Havan em São Carlos em São Paulo. 

Apesar de ninguém ter sido preso a polícia cívil da cidade já identificou o  carro que esteve auxiliando o crime.

As Lojas Havan pertencem ao empresário Luciano Hang, ativista político e apoiador do governo Bolsonaro. O empresário denuncio o caso como sendo "ataque terrorista" e "ato político" 

"Nós não podemos aceitar um ataque terrorista...esse pessoal não acredita na democracia, na liberdade de expressão." disse o empreendedor catarinense.

Postar um comentário

0 Comentários