BRB

BRASIL PEDE INVESTIGAÇÃO RIGOROSA SOBRE QUEDA DE AVIÃO UCRANIANO NO IRÃ

foto: divulgação
Ministro Ernesto Araújo

O Ministério  da Relações Exteriores se pronunciou sobre a queda do avião ucraniano na capital do  Irã, na noite de ontem (09). O Itamaraty prestou condolências das famílias  e pediu rigor nas investigações sobre a queda da aeronave  baseada na Convenção sobre Aviação Civil Internacional que vitimou 176 pessoas.

Leia a íntegra da nota do Ministério das Relações Exteriores

  
"O governo brasileiro estende suas condolências aos familiares das 176 vítimas da queda do Boeing 737-800 da Ukrainian International Airlines, ocorrida ontem, 8 de janeiro, em território iraniano. O Brasil espera que as autoridades competentes da área de aviação civil conduzam investigações de maneira rigorosa, com base nas diretrizes estabelecidas na Convenção sobre Aviação Civil Internacional, em colaboração com autoridades ucranianas, para identificar as causas dessa tragédia."

Postar um comentário

0 Comentários