RENAN DIZ QUE INSTÂNCIAS INFERIORES ESTÃO EM GUERRA CONTRA SUPREMO

Além de uma suposta guerra entre os membros do judiciário o investigado se revela ao lado do condenado Lula.

Através das redes sociais, O ex-presidente do Senado, Renan Calheiros se mostrou solidário ao ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, que hoje conquistou mais uma condenação de segundo grau atestando os seus crimes. Embora o Supremo Tribunal Federal entenda que isso ainda não é suficiente para mandar o líder petista de volta para a prisão, a decisão foi vista como mais uma derrota à imagem de Lula, que já foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro também no caso do tríplex.

Em sua conta oficial do Twitter, o senador se manifestou sobre a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que manteve a condenação de Lula no caso do Sítio em Atibaia e aumentou a pena para 17 anos e 1 mês de cadeia. “A decisão do #TRF4 comprova o que venho dizendo. No Brasil, o Judiciário tem um problema a mais: a guerra das instâncias inferiores contra a Suprema Corte”, disse Renan.

Recentemente, o ministro Edson Fachin, votou pelo recebimento da denúncia contra Renan por pagamentos de propinas e fraude em contratos ligados à Transpetro.

Postar um comentário

0 Comentários