DELTAN DALLAGNOL É PUNIDO COM ADVERTÊNCIA PELO CONSELHO NACIONAL DO MP

FOTO: INTERNET

MAIORIA DO CNMP PUNE DELTAN COM ADVERTÊNCIA

A maioria dos integrantes do CNMP acompanhou o voto do relator, Luiz Fernando Bandeira de Mello, e decidiu punir Deltan Dallagnol com uma pena de advertência, e não censura, no primeiro processo analisado hoje.

Em julgamento realizado nesta manhã, oito conselheiros acompanharam o relator e três divergiram, votando pela absolvição de Dallagnol.

Votaram pela absolvição os conselheiros Silvio Roberto Oliveira de Amorim Junior, Oswaldo D’Albuquerque e Otavio Luiz Rodrigues Jr.

Este primeiro processo em análise analisava o comportamento de Deltan em uma entrevista à CBN na qual teria questionado decisões tomadas por ministros do STF, que, segundo ele, teriam se comportado de forma leniente com a corrupção.

Este é apenas um dos 16 processos envolvendo Deltan Dallagnol no CNMP.
Bandeira de Mello é homem de confiança do Renan, Davi, Sarney

O Primeiro golpe de um longo roteiro preparado por Renan Calheiros para impor suas vontades e facilitar sua reeleição para presidente do Senado Federal. Renan ainda manipula muitos dos processos no Conselho através de seu púpilo.

Com a vitória surpreendente de Davi Alcolumbre havia forte índicios de que Luis Bandeira de Mello fosse deixar o cargo de Secretário Geral da Mesa e posteriormente a cadeira no Conselho Nacional do Ministério Público o que não ocorreu o que fortaleceu ainda mais as negociatas de bastidores para proteger Renan Calheiros, Davi e Cia.

Postar um comentário

0 Comentários