BOLSONARO SE DESPEDE E AGRADECE OS "QUE FORAM PARCEIROS NAS ELEIÇÕES DE 2018"

FOTO:tWITTER DO PR JB
Foto Oficial do núcleo fundador do novo Partido que tem até março para conseguir 500 mil assinaturas de apoio à sua fundação

Bolsonaro poderia levar com ele quase a metade da bancada do PSL na Câmara, composta por 53 deputados, caso não houvesse entraves jurídicos que podem implicar na perda dos mandatos. A migração só deve ocorrer se o novo partido for aprovado. A saída do partido já é tratada abertamente por aliados.

No Senado Federal somente o filho do Presidente da República, Flávio Bolsonaro se desfiliou do PSL, ficando sem participar de Comissões e as benesses que estas proporcionam aos filiados de partidos.

O nome do novo partido deve ser Aliança pelo Brasil, mas Bolsonaro disse ontem que o martelo não havia sido batido.

Em sua conta no Twitter Jair Bolsonaro escreveu:

Postar um comentário

0 Comentários