PGR APONTA DOMINGOS BRAZÃO COMO MANDANTE DA MORTE DE MARIELLE FRANCO

foto internet

PGR aponta Domingos Brazão como mandante da morte de Marielle Franco


Em denúncia enviada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a Procuradoria-Geral da República afirma que Domingos Brazão arquitetou a morte da vereadora Marielle Franco. A denúncia foi assinada pela ex-PGR, Raquel Dodge, que também acusa outras quatro pessoas de participação no crime. Brazão foi deputado estadual por 17 anos e trabalhou como conselheiro no Tribunal de Contas do Rio de Janeiro. Essa é a primeira vez que um poder emite uma declaração taxativa sobre o assassinato da vereadora e do motorista dela, Anderson Gomes. Os dois foram mortos a tiros, em março do ano passado. As informações são do Uol.

Postar um comentário

0 Comentários