GOVERNO INICIA SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO NA QSC DO SOL NASCENTE

FOTO;DFMOBILIDADE

Localizada no Trecho 2, quadra abriga diversas vias do Setor Habitacional e é demanda antiga da população

Maior contrato das obras de infraestrutura do Setor Habitacional Sol Nascente, o Trecho II está com os serviços de drenagem quase finalizados e a pavimentação com mais de 70% concluída. Alguns dos poucos trechos a serem asfaltados estão localizados na QSC 02, onde a drenagem foi concluída e que, desde a semana passada, recebe serviços de terraplanagem antes de receberem o asfalto. No local, também estão sendo instalados meios-fios e bocas de lobo.

“Este é um trecho crítico para a população. Aqui sempre sofreram com alagamentos e lama. Este ano, no entanto, vai ser diferente. Agora, estamos correndo contra o tempo para finalizar a pavimentação e abrir as bocas de lobo antes do período chuvoso”, explicou Sérgio Lemos, subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras do GDF. 

Divisão por trechos
As obras no Setor Habitacional Sol Nascente foram divididas por trechos. No Trecho 1, o previsto em contrato foi totalmente executado. Foram investidos R$ 58,8 milhões na execução de 25,2 km de redes de drenagem, três lagoas de detenção e seis lançamentos diretos; 304.900 m² de vias, equivalentes a 44 km de vias de 7 metros de largura (243 ruas pavimentadas); e 64 km de meios-fios e 1.150 metros de calçadas em uma área de 240 hectares.

No Trecho 2, os serviços compreendem a execução de 30,3 km de redes de drenagem e construção de três lagoas de retenção, além da pavimentação de 493,5 mil metros quadrados de vias, o equivalente a 70 km de vias de 7 metros de largura. Os serviços de drenagem estão em andamento, tendo sido executados 98% do total. Quanto à pavimentação, 70% já foi executada. A previsão de conclusão desse trecho, cujo investimento é de R$ 95,5 milhões, é para o segundo semestre de 2019.

No Trecho 3, foram executados 71% das obras de drenagem e 12% de pavimentação. Estão sendo investidos R$ 66 milhões para a execução de 21,3 km de redes de drenagem, com três lagoas de retenção, pavimentação de 56 km de vias de 7 metros de largura, além de meios-fios e calçadas. As obras foram iniciadas em 2018.

Postar um comentário

0 Comentários