IDA DE BOLSONARO À ONU ESTÁ SEM 100% CONFIRMADA, DIZ PORTA VOZ

foto:internet


O Porta-Voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, confirmou, nesta quarta-feira (18), que Jair Bolsonaro viajará à Nova York para participar da Assembleia-Geral da ONU, na semana que vem.

Como o presidente ainda está se recuperando da última cirurgia, a viagem estava condicionada à evolução do seu quadro clínico. A informação inicial era de que uma avaliação médica seria feita na próxima sexta para só aí se ter uma opinião oficial sobre a agenda do mandatário.

No entanto, Barros informou que Bolsonaro teve, hoje, um dia muito positivo do ponto de vista da recuperação, e que, por conta disso, sua viagem está “100% confirmada”. E o próprio presidente postou uma imagem nas suas redes sociais dizendo que estava se sentindo “muito bem”.

Barros, inclusive, acrescentou que Bolsonaro já está preparando seu discurso – que abrirá a Assembleia – e que a pauta principal será a posição do atual governo em relação à Amazônia e às questões climáticas.

“É um discurso de coração, onde ele vai defender as potencialidades do país e vai fazer uma defesa enfática daquilo que nós estamos realizando no tocante à questão do meio ambiente, ligada ao desenvolvimento sustentável, um pouco para desconstruir essa narrativa, particularmente no ambiente externo, de o Brasil não cuida da Amazônia, não cuida do meio ambiente, não está muito interessado nisso”, disse o Porta-Voz.

Vale lembrar que, devido as restrições de saúde, Bolsonaro terá sua agenda na ONU encurtada e não poderá se reunir com líderes mundiais aliados, com o premiê britânico Boris Johnson.

Postar um comentário

0 Comentários