DF-001 GANHA MAIS DE DOIS KM DE TERRAPLANAGEM E 620 METROS DE PAVIMENTAÇÃO

Alargamento beneficiará, em média, 30 mil pessoas que se deslocam pela via | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Adequação geométrica da rodovia custará até R$ 8 milhões e tem como objetivo diminuir risco de acidentes por colisões frontais

Salvar vidas e garantir mais segurança e conforto aos usuários é prioridade no Governo no Distrito Federal. Com esse propósito, seguem redobrados os cuidados com o andamento das obras na DF-001, na Estrada Parque Contorno. Uma das principais promessas da atual gestão, o trabalho custará até R$ 8 milhões aos cofres públicos. Já foram executados serviços terraplanagem em mais de dois quilômetros, e de pavimentação em cerca de 620 metros de rodovia.
Iniciada em 4 de julho, a obra tem o objetivo de diminuir risco de acidentes de trânsito por colisões frontais. O alargamento da rodovia, que tem 134,6 quilômetros de extensão, será realizada Na Estrada Parque Contorno (EPCT / DF-001), no trecho compreendido entre o entroncamento da DF-095 (Estrutural) e a BR-080/BR-251. Ao todo, oito quilômetros e 250 metros de rodovia serão duplicados nessa área.
Engenheiro civil do Departamento de Estradas e Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), Paulo Robert Santos Machado explica que a realização de uma série de estudos foi necessária antes das obras de ampliação da via, respeitando-se a área ambiental.

“Nós sabemos o quanto a população reivindicava isso e quantas pessoas já perderam suas vidas neste trecho. Por isso essa obra foi uma exigência do governador e nós estamos nos desdobrando para atender”, declarou o especialista.
Uma solução encontrada pela equipe de engenharia do DER foi de aproveitar a faixa de domínio da rodovia e alargá-la no sentido Brazlândia/Taguatinga. Consequentemente, implementou-se duas faixas de rolamento em cada direção. Também serão colocadas barreiras new jersey (estruturas, geralmente em concreto, usadas para controlar fluxos de tráfego) no meio das pistas.
“Esse tipo de obra é muito comum em rodovias de São Paulo, como na Via Dutra, que também usa essa moldagem”, acrescentou o engenheiro.
A adequação geométrica beneficiará, em média, 30 mil pessoas que necessitam utilizar essa importante rodovia para seus deslocamentos. Leandro Mundim, 32 anos, passa naquela região (Estrada Parque Contorno) pelo menos duas vezes por semana. Para ele, o alargamento da via significará muito.
“Minha filha de oito anos mora em Padre Bernardo e minha família tem fazenda por lá. Sempre estou na estrada para visitá-la. Essa obra entregue será uma tranquilidade maior para nós. Nem sei dizer há quanto tempo esperamos por isso”, comemora o empresário.
Ao todo, 30 profissionais operam na melhoria da rodovia, todos eles servidores do DER. Cerca de 20 máquinas e caminhões estão envolvidos no trabalho.
A obra está em plena execução. As equipes têm trabalhado aos finais de semana, de forma intensa, a fim de aproveitar o período sem chuvas. Com tudo dentro do planejado, a via será rapidamente entregue à população.

Postar um comentário

0 Comentários