CAIU A MÁSCARA, DALLAGNOL É DE ESQUERDA

foto:internet

O procurador coordenador da operação Lava-Jato se tornou ainda mais conhecido com a promoção do Juiz Sergio Moro ao cargo de ministro da justiça e da Segurança Pública. Com o resgate de alguns milhares de reais o pretendente à PGR (Procuradoria Geral da República) pretende repassar estes recursos a entidades reconhecidas como  defensoras do Aborto, Mariele Vive, CUT e MST.

Em entrevista na última sexta-feira(23) para a Gazeta do Povo, o procurador  denotou sua postura e posições políticas simpatizantes da esquerda.
Ainda em entrevista à Gazeta do Povo, Deltan Dallagnol lamentou “que a maioria dos demais candidatos – e em especial a esquerda – não tenham abraçado essa pauta [anticorrupção] de modo tão firme”.
E destacou:
É uma pena, aliás, que a esquerda brasileira, que sempre defendeu essa pauta anticorrupção, hoje esteja tão distante dela”.
Na visão de Deltan, Bolsonaro simplesmente “se apropriou dessa pauta”.
O coordenador da força-tarefa da Lava Jato disse que a sociedade tem muita expectativa na pauta em questão.
Deltan finalizou dizendo que o presidente tem colocado tem colocado “em segundo plano” o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro.
Assista ao vídeo!

Postar um comentário

0 Comentários