SISTEMAS ELEITORAIS DE TODOS OS ESTADOS FORAM ALVO DE HACKERS RUSSOS EM 2016, AFIRMA sENADO DOS EUA

foto;divulgação

O Comitê de Inteligência do Senado americano concluiu que os sistemas eleitorais de todos os 50 estados dos EUA foram alvos de ataques de hackers russos durante a eleição presidencial de 2016.


Segundo o relatório divulgado na quinta-feira (25), não foram encontradas evidências de que “votos tenham sido alterados ou que urnas eleitorais tenham sido manipuladas”. O documento também relata que a ação russa não foi detectada por agentes estaduais e federais à época.

Embora as autoridades americanas já tivessem conhecimento de ataques hackers que atingiram os estados de Illinois e Arizona, o relatório descreve os esforços da inteligência russa como muito mais amplos do que o governo federal havia reconhecido inicialmente.

No caso de Illinois, o documento afirma que “agentes russos tinham condições de deletar ou mudar dados de eleitores”.

Embora o relatório não adote um tom crítico em relação às agências de inteligência americanas ou aos estados, o documento descreve uma série de falhas de inteligência que levaram as ações russas a serem subestimadas. Em alguns casos, alertas a autoridades estatais foram discretos demais, o que as levou a não reagir ou a rejeitar assistência do governo federal, segundo o relatório.

Dinherama

Postar um comentário

0 Comentários