GDF PRESENTE EVITALIZA HELIPONTO DO HOSPITAL DE BRAZLÂNDIA

foto:ag. brasilia


Pilotos e paramédicos do Corpo de Bombeiros comemoram sinalização e construção de rampa de acesso ao pronto-socorro

O heliponto do Hospital Regional de Brazlândia finalmente poderá ser utilizado com segurança graças à ação do GDF Presente. Nesta terça-feira (9), o foco do programa foi atender uma solicitação urgente daquela região administrativa: a sinalização do ponto de pouso e decolagem de helicópteros naquela unidade de saúde.
Além da pintura, os trabalhos avançaram com a construção de uma rampa asfaltada de acesso de macas ao pronto-socorro.
Comandante do Quartel do Corpo de Bombeiros de Brazlândia, o coronel Jalson Rezende elogia a iniciativa. “Muitas vezes, não conseguimos pousar porque não havia sinalização e o risco de acidente era muito grande”, afirma o militar, que também é piloto.
Segundo ele, o transporte aéreo naquela unidade de saúde é utilizado principalmente para levar pacientes graves para outros hospitais regionais.
O novo corredor asfaltado que liga o heliponto ao pronto-socorro foi comemorado pelo bombeiro militar. Jalson Rezende explica que, com a nova pista, as trepidações com macas serão evitadas. “É mais conforto e cuidado com os pacientes. Porque quando a maca trepida o trauma pode agravar e o paciente pode sentir mais dores”, conclui.
O gerente administrativo do hospital, Cristiano Sodré, lembra que muitas vezes os helicópteros do Corpo de Bombeiros precisaram aterrissar na rodovia. “Era um risco grande de acontecer um acidente com a aeronave. Eles pousavam até na rodovia. Agora, a gente fica mais tranquilo porque vamos oferecer mais segurança não só para os pacientes, mas para os socorristas”, avalia o dirigente.
De acordo com a diretoria de Obras da Administração de Brazlândia, nos próximos meses o heliponto irá receber uma iluminação especial e um novo alambrado. Também está prevista a poda de árvores no local, com o objetivo de melhorar a visibilidade dos pilotos.
Agência Brasília

Postar um comentário

0 Comentários