GOVERNO FEDERAL APRESENTA PROJETOS PARA MELHORAR A INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, apresentou no último dia 25 de junho, durante audiência na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, em Brasília, os projetos do ministério para melhorar a distribuição da matriz de transporte brasileira e promover o desenvolvimento do setor.

Tarcísio Freitas destacou as concessões já realizadas desde o início do ano e as que estão previstas, além das entregas e do andamento das obras, tanto de rodovias, quanto de portos, aeroportos e ferrovias.
Destaques para:
  • Leilão dos 12 aeroportos, que renderá ao país R$ 3,5 bilhões iniciais
  • Licitação de 10 terminais portuários, fundamentais para a logística de líquidos, que representa investimentos da ordem de R$ 630 milhões e geraram uma outorga de R$ 667 milhões
  • Reativação das IP4 no Amazonas
  • Inauguração das rodovias BR-235/BA, BR-365/MG
  • Contorno Mestre Álvaro (ES)
  • Retomada da BR-163/PA, além das pistas de aeroportos em Montes Claros (MG) e Curitiba (PA), entre outros investimentos no setor da aviação civil.
Durante a audiência, o ministro também citou projetos que terão início ainda neste ano, como :
  • Realização da primeira desestatização da Companhia Docas
  • Retomada da BR-242/MT, importante para o agronegócio
  • Leilão da rodovia Jataí a Uberlândia, em setembro
  • Publicação da BR-101/SC, entre Paulo Lopes e São João do Sul, na divisa com o estado do RS
  • Execução do contrato de concessão dos trechos das BR-116 e 376, no Paraná.
A audiência, em que o ministro também apresentou os planos da Pasta para a modernização e expansão do sistema ferroviário brasileiro, é uma continuação do encontro realizado em fevereiro deste ano, quando anunciou os projetos do Governo Federal para alavancar o setor de transportes no país.
O presidente da Comissão de Infraestrutura, senador Marcos Rogério, convidou o ministro a voltar à sessão no início do segundo semestre para apresentar o andamento das obras.
(Com informações do Ministério da Infraestrutura e da Foco Assessoria e Comunicação Ltda)

Postar um comentário

0 Comentários