DF TEM REDUÇÃO DE 19% NO NÚMERO DE MORTES NO TRÂNSITO

DFMOBILIDADE

De acordo com dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), nos 100 primeiros dias de 2019, foram registradas 77 mortes no trânsito do DF. Os dados são preliminares, mas indicam uma redução de 19% no número de óbitos em comparação ao mesmo período do ano passado, quando 95 pessoas morreram. Segundo o levantamento, nos primeiros 15 dias do ano não houve acidentes de trânsito com vítima fatal, maior período já registrado na história do DF.



A estatística reflete a intensificação das ações de educação, engenharia e fiscalização. Neste ano, o Detran-DF iniciou projetos como a Operação Segurança na Faixa, na qual as equipes de fiscalização atuam em pontos de grande fluxo de pessoas, principalmente, próximo a escolas, com a intenção de garantir uma travessia segura e coibir infrações.  



No âmbito da fiscalização de trânsito, o Detran-DF implantou ainda o Termo de Constatação de Sinais de Embriaguez, que possibilita que a verificação dos sinais de alcoolemia sejam utilizados para a lavratura do auto de prisão em flagrante pela Polícia Civil. Também deu início ao registro eletrônico de acidente de trânsito sem vítima e sem dano ao patrimônio público, além da intensificação de ações de monitoramento e das operações Lei Seca.



Em relação às ações de educação de trânsito, foram realizadas as campanhas Volta às Aulas e Carnaval, que atingiram um público estimado de 200 mil pessoas. Também foram promovidos cursos gratuitos que capacitaram mais de 1.400 pessoas. Além disso, está em andamento o projeto de reformulação pedagógica para os Centros de Formação de Condutores, que em curto prazo trará melhorias as aulas do curso de obtenção da CNH.



Na área de engenharia de trânsito cerca de 2.500 placas de trânsito foram revitalizadas ou recicladas, 500 quebra-molas foram sinalizados, 700 faixas de pedestres e 2.000 vagas de estacionamento foram revitalizadas. O Detran-DF ainda trabalha no georreferenciamento das faixas de pedestres e nos procedimentos de sincronização dos semáforos.



O Departamento também está criando um portal que permitirá ao usuário o acesso a diversos serviços por meio do site. A ideia é que as pessoas não precisem ir aos postos de atendimento para solicitar serviços relativos à habilitação e a veículos. No primeiro trimestre deste ano, o Detran-DF deu início ao agendamento online para serviços da Gerência de Saúde, destinados a pessoas com deficiência. Outro serviço que o Órgão tem oferecido é a Ouvidoria Itinerante, que tem o objetivo de circular pelas regiões administrativas possibilitando à população o acesso a diversas informações.

Postar um comentário

0 Comentários