BRB

DETRAN TEVE QUE RECUPERAR MAIS DE MIL PLACAS DE TRÂNSITO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2019

DFMOBILIDADE

No primeiro trimestre deste ano, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) fez a recuperação de 645 placas de trânsito danificadas devido a ações do tempo, vandalismo ou acidentes. Oitenta placas pichadas passaram por limpeza com produto especial. Os serviços foram realizados sem a necessidade de retirada da placa do local.

No mesmo período, 302 placas foram recicladas, ou seja, foram retiradas e levadas para a oficina de serralheria do Detran-DF, que fica ao lado do depósito do Departamento, próximo ao Autódromo de Brasília. No local, as placas passam pelo processo de recuperação, ou seja, são desamassadas, pintadas e adesivadas.

A recuperação é realizada por reeducandos do Sistema Penitenciário do Distrito Federal, por meio de um convênio firmado em 2010, entre o Departamento e a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap). O número de internos depende da demanda, mas varia entre trinta e cinquenta.

“Além da economia para os cofres públicos, os reeducandos aprendem uma profissão, o que contribui para um melhor posicionamento no mercado de trabalho, após o cumprimento de suas penas”, disse o Assessor de Comunicação Social do Detran-DF, Glauber Peixoto.

O levantamento realizado pelo órgão mostra também que 396 novas placas foram implantadas e 320 substituídas. “A equipe tenta recuperar todas as placas, mas dependendo do dano não é possível. Por conta disso, algumas são substituídas por novas. As novas placas implantadas são posicionadas de acordo com estudo e monitoramento da equipe de engenharia”, explicou Peixoto.

Postar um comentário

0 Comentários