CENTROS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS ABREM MAIS DE 12 MIL VAGAS GRATUITAS- CONFIRA AS MODALIDADES

DF MOBILIDADE

Interessados em praticar uma atividade esportiva podem se inscrever gratuitamente, entre os dias 9 e 12 de abril, para concorrer, inicialmente, às 12 mil vagas em dezenas de modalidades disponíveis nos 12 Centros Olímpicos e Paralímpicos do Distrito Federal. O sorteio presencial será realizado no próximo dia 22, simultaneamente, em cada unidade. A lista de contemplados sai no dia 24. E o prazo para a efetivação das matrículas e entrega da documentação começa no dia 29 de abril.

A novidade deste ano é a opção do inscrito indicar três modalidades de preferência. Se ele não for selecionado na primeira sugestão, poderá ser encaixado na segunda ou na terceira opções, caso tenha vagas disponíveis. A proposta almeja acolher todas as pessoas que procuram o local para desempenhar alguma prática esportiva.

Na primeira etapa, a pessoa deve comparecer ao Centro para preencher a ficha de inscrição. Jovens menores de 14 anos precisam estar acompanhados por um responsável. Após a confirmação da vaga, por meio do sorteio, ele retorna, no dia 29, com a documentação para efetivar a matrícula. As secretarias dos Centros Olímpicos e Paralímpicos funcionam de terça-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Muitas opções

Há opções de esportes individuais e coletivos para crianças a partir de quatro anos, jovens, adultos e idosos. Pessoas com deficiência também contam com amplo atendimento especializado, com foco no desenvolvimento físico, motor e social. A partir de uma avaliação funcional, que define a capacidade individual de cada pessoa com deficiência, é identificado o esporte mais adequado para lhe proporcionar a oportunidade de mostrar seu potencial.

Entre as opções estão atividade física orientada; atletismo; basquete; capoeira; ginásticas artística, localizada, acrobática e rítmica; desenvolvimento motor I e II; capoeira; futebol de areia; futsal; futebol society; handebol; hidroginástica; natação; tênis; e vôlei de quadra. Pessoas com deficiência podem praticar, entre outras modalidades, bocha, natação, programa de inclusão, atletismo e estimulação básica.

Postar um comentário

0 Comentários