DF TEM REDUÇÃO HISTÓRICA DE MORTES NO TRÂNSITO

Janeiro foi o mês com o menor número de óbitos dos últimos 25 anos.

DFMOBILIDADE

De acordo com dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), o mês de janeiro registrou 11 mortes no trânsito do DF, 68,5% a menos que o mesmo período do ano passado quando foram registradas 35 vítimas fatais. 

Os dados são preliminares, mas apontam que essa é a maior redução desde 1995, quando se iniciou os registros de acidentes de trânsito em Brasília. O menor número registrado anteriormente foi em março de 2017, quando ocorreram 13 óbitos.

 
Desde o início do ano, o Detran-DF tem atuado em ações conjuntas com outros órgãos da Segurança Pública, além do trabalho integrado entre os setores de Estatística, Fiscalização, Engenharia e Educação do Departamento, com o objetivo de inibir a ocorrência de acidentes e mortes no trânsito. 

Segundo dados preliminares, em janeiro 1.411 motoristas foram autuados por dirigirem após a ingestão de bebida alcoólica, 684 por não possuírem habilitação e 53 com o direito de dirigir suspenso ou cassado.

 

Pedestre


O levantamento do Detran-DF aponta que, dos óbitos registrados em janeiro, oito eram pedestres, dois condutores e um ciclista. Dentre os pedestres, seis eram homens e duas eram mulheres. Em comparação com o mesmo período do ano passado, quando 12 pedestres morreram no trânsito, houve uma redução de 33%.

 
Nesta semana, o Detran-DF lançou a Operação Segurança na Faixa que tem o objetivo de fortalecer atitudes de respeito ao pedestre. Diariamente, as equipes de fiscalização atuarão em pontos de grande fluxo de pessoas, auxiliando a travessia e coibindo infrações. A ação ocorrerá de forma itinerante, nas vias urbanas, das regiões administrativas do DF. 

Postar um comentário

0 Comentários