DER ANALISA CONSTRUIR NOVA PONTE NO LAGO PARANOÁ

(foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)


O Governo do Distrito Federal anunciou a proibição do tráfego de caminhões na Barragem do Paranoá a partir de 1º de março e  o Ministério Público do DF e Territórios, entrou ontem com uma ação civil pública na Justiça local cobrando que a medida seja válida para qualquer tipo de veículo, independentemente do peso. A sobrecarga da estrada é um dos motivos que põe em risco a integridade da represa, segundo os promotores que assinam o documento.

Não está nos planos do Poder Executivo atender à exigência da Prodema de bloquear todo o trânsito na Barragem do Paranoá. 

No entanto, o órgão admitiu a possibilidade de construir uma ponte paralela à represa para viabilizar o acesso do Lago Sul ao Paranoá. “O DER-DF já realiza estudos para a construção de nova ponte de ligação entre a DF-025 e a DF-001 e tem previsão para execução dos projetos ainda em 2019”, afirmou o diretor-geral do departamento, Fauzi Nacfur Junior.

Ontem, o DER-DF iniciou as obras de recapeamento asfáltico sobre a pista da represa.












Postar um comentário

0 Comentários