CIDADES DO ENTORNO FIRMAM PACTO PELA SEGURANÇA

DFMOBILIDADE

A crescente necessidade de políticas eficientes em segurança pública motivou o encontro dos prefeitos Cristóvão Tormin, de Luziânia, Pábio Mossoró, de Valparaíso de Goiás, e Fábio Correa, de Cidade Ocidental. A reunião aconteceu no último dia 6 de fevereiro, na sede do Governo luzianense.

Antes, porém, os prefeitos já discutiam informalmente as possibilidades de criar uma zona comum de trânsito entre as guardas municipais de cada cidade. O objetivo é facilitar a cooperação entre as guardas municipais para coibir crimes e auxiliar no trabalho das polícias militar e civil da região.

O acordo dos prefeitos, agora, deve ser formalizado através de um Projeto de Lei que concretiza um Termo de Parceria, dando legitimidade e segurança jurídica ao pacto firmado. O documento deve ser discutido com o Poder Legislativo e aprovado nas três Câmaras Municipais ainda este ano.

A primeira medida prática da parceria, segundo os prefeitos, deve ser a reforma e reabertura do antigo Posto Policial instalado em frente à Universidade Unidesc, na entrada de Cidade Ocidental. O terreno pertence ao município de Luziânia e está posicionado em uma área estratégica para a segurança das três cidades. O objetivo é transformar o prédio em uma base de apoio e convergência entre as três guardas municipais, facilitando operações de segurança e protegendo as divisas entre os municípios.

As próximas medidas serão a cooperação entre operações de inteligência, patrulhamento e vigilância dos efetivos de cada cidade. Segundo o prefeito Fábio Correa, facilitar o relacionamento entre os municípios é uma maneira efetiva de combater a criminalidade. “As guardas unidas representam um só pelotão que pode atuar nas três cidades ultrapassando as fronteiras imaginárias entre elas”, explica. 

FUTURO


Durante o encontro os três prefeitos se mostraram animados e confiantes na parceria. A iniciar pela área de segurança pública, nada impede que o convênio seja ampliado para outras áreas de cooperação, como infraestrutura, meio ambiente e educação, por exemplo. Todos concordam que, agindo em bloco, os três municípios poderiam ser beneficiados com a melhoria na qualidade de vida da população.

O desenvolvimento da região é a principal preocupação dos três gestores. O crescimento acelerado das cidades do Entorno e a proximidade com o Distrito Federal são, ao mesmo tempo, qualidades e defeitos da localidade.  Um convênio deste tipo pode criar condições para o progresso, além de melhorar o acesso da população a serviços básicos.

Postar um comentário

0 Comentários