BRB

PRUDENTE DIZ QUE SE HOUVER NECESSIDADE CONVOCARÁ SESSÃO EXTRAORDINÁRIA PELO PACOTE EMERGENCIAL DE IBANEIS


O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente (MDB), disse que se houver a necessidade efetiva e comprovada pelo governo da necessidade de aprovação do pacote de emergência, neste período de recesso parlamentar, ele irá convocar os deputados para uma sessão extraordinária. Prudente afirmou ainda que não tem conhecimento do conteúdo do pacotão do governador Ibaneis Rocha (MDB).

O pacote de medidas emergenciais anunciado nessa quinta-feira (10/01) pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), ainda é de total desconhecimentos dos 24 deputados distritais que o Executivo pede que sejam convocados para aprovar as medidas.

No entanto, em conversa com o Radar DF, o presidente da Câmara Legislava, Rafael Prudente, afirmou que o governador só falou, mas que não tem conhecimento do conteúdo, da complexidade, bem como dos benefícios que esses projetos trarão para a população para ter a necessidade de uma convocação extraordinária da Câmara Legislativa.

“Se houver a necessidade efetiva, comprovada pelo governo, nós vamos fazer a convocação extraordinária. Agora o governo precisa dizer quais são esses projetos, chamar os deputados para explicar a importância dos conteúdos, os benefícios e o motivo da urgência”, disse Rafael Prudente.

O deputado adiantou que a Câmara está pronta para dar resposta daquilo que a sociedade exige e que for importante para a cidade. Prudente afirmou que a CLDF vai continuar mantendo a sua independência, mas que optará sempre pelo diálogo e pela harmonia com o Executivo.

“Vamos demonstrar isso, mas o governo terá que dá transparência naquilo que pretende fazer”, afirmou.

O deputado avaliou que neste primeiro ano de governo, haverá uma exigência enorme da sociedade em torno dos investimentos para que os empresários possam gerar empregos, bem como exigirá uma melhor política de Segurança Pública e que a Saúde e a Educação sejam melhoradas.





Fonte: Radar DF.

Postar um comentário

0 Comentários