APÓS BRUMADINHO IBANEIS PEDE LAUDO DA BARRAGEM DO PARANOÁ

DFMOBILIDADE


Depois da tragédia em Brumadinho (MG), que deixou um rastro de destruição e mortes na última sexta-feira (28/1), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), determinou a elaboração de um laudo sobre a barragem do Paranoá.

 No entanto, as condições da estrutura preocupam há mais tempo o Conselho de Engenharia e Agronomia (Crea-DF). Em 17 de dezembro de 2018, a entidade solicitou à Companhia Energética de Brasília (CEB) informações sobre a manutenção e segurança do local. Dez dias depois, criou uma comissão para acompanhar o assunto.

Ibaneis  informou que no asfalto da pista acima da represa há fissuras e, para garantir que não haja problemas mais graves, solicitou à CEB e ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) uma avaliação. 

“É melhor prevenir". 


Há informações de que não existem problemas estruturais, mas vão trazer para mim o laudo para vermos quais providências deverão ser tomadas”, completou. A previsão do gestor é que o documento fique pronto nesta terça-feira (29).

O Crea-DF diz que ainda não recebeu nenhum documento sobre o Paranoá. A comissão criada para fazer o acompanhamento se reunirá também nesta terça para discutir o assunto. 

O documento que levanta suspeitas sobre a barragem cita o relato de um geólogo que acompanhou a vistoria no local, em 1991, por conta de um vazamento de água na ombreira direita.

Segundo o profissional, a análise naquela época já revelava uma “situação estarrecedora”. Por isso, o Crea-DF pediu informações sobre “quais medidas preventivas foram ou têm sido adotadas para prevenir eventuais danos ao patrimônio público a à sociedade do Distrito Federal”.

dfmobilidade




















Fonte: Metrópoles

Postar um comentário

1 Comentários

  1. De: PAULO VICTOR RADA DE REZENDE - Engenheiro
    Desejo que o Governador Ibaneis, primeiro mandatário do Distrito Federal a expressar, publicamente, preocupação com os inúmeros problemas da Barragem do Paranoá, consiga superar o desafio de resolvê-los para a tranquilidade da população e da comunidade técnica de Brasília.
    ADASA e CEB dispõem dos dados atualizados e do modo de encaminhamento da solução desses problemas.
    Como apoio à decisão do Governador Ibaneis, lembro o nome do Engenheiro LAERCIO TRENTINI, em. 61-999817948, que pode ajudar sua equipe nesse propósito.

    ResponderExcluir