INGERÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO DO METRÔ CAUSA EXPLOSÃO EM TREM

Foto:Internet
Morador de Águas Claras filma explosão em carro do Metrô (Veja o  video abaixo) 



Ao fim de uma gestão sem compromisso de prestação um serviço de qualidade com os usuários do Metrô-DF mais um susto é submetido àquele que necessita do transporte sobre trilhos de Brasília.


A estação Arniqueiras do Metrô do Distrito Federal foi interditada, por volta das 19h desta quarta-feira (31), após uma falha em um dos trens. Segundo passageiros, a parte interna do vagão e a área de embarque foram tomados pela fumaça.

O Metrô-DF informou que um curto-circuito em um dos componentes do sistema elétrico de um dos trens teria ocasionado uma explosão e a fumaça nos vagões.

Por causa do acidente, todos os trens da linha do Metrô-DF ficaram sem circular por mais de uma hora. Às 20h50, os vagões voltaram a operar nos trechos entre as estações Central e Feira, e nos ramais de Ceilândia e Samambaia.


O órgão explicou que, para que os trens pudessem seguir de Samambaia e Ceilândia para a Estação Central, foi feita uma “via singela” – procedimento em que os vagões passam a circular apenas por uma via.


Um estudo recente demonstra que o gasto de manutenção do metrô caiu de R$ 180 milhões em 2015, para R$ 120 milhões, em 2017.

Além da queda de investimentos, a aplicação dos recursos do Tesouro diminuiu bastante comprovando que governo não prioriza o transporte via Metrô.






Assista ao vídeo:


COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "INGERÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO DO METRÔ CAUSA EXPLOSÃO EM TREM"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial