KAJURU DENUNCIA CARTEL NO TRANSPORTE PÚBLICO DO ENTORNO

DF MOBILIDADE
Em entrevista coletiva realizada nesta última sexta à ABBP - Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno, Jorge Kajuru, Vereador de Goiânia e pré candidato ao Senado também pelo estado de Goias, falou sobre sua vida como jornalista e apresentador e os motivos pelo qual decidiu entrar na política. Muito insicivo em suas palavras, como sempre foi, diga-se de passagem, Kajuru revelou que definiu o momento correto de entrar na politica depois de um jogo entre Brasil e Argentina no Mineirão em 2007, onde estava fazendo a cobertura de torcedores que estavam à entrar ao estadio pelo portão de acesso de deficientes, porém pela sua surpresa ali só estavam entrando celebridades, com ingressos "doados" pelo então candidato a Presidência da Republica Aécio Neves. Em um certo momento com a audiência muito alta pela Rede Bandeirantes, o presidente da TV, Johnny Saad o demiti ao vivo, á mando de Aécio e Marconi Perillo. Um segundo motivo foi um ataque fisíco á sua mulher, que Kajuru afirma ter sido à mando de Marconi.


“Se eles me arrebentaram, tiraram meu emprego, mandaram abusar minha mulher (ex-mulher) tudo a mando de políticos. Um deles foi Marconi Perillo. Então eu vou pra lá”. Disse o Vereador.
Durante toda entrevista Kajuru detona com Perillo: 
  “Marconi compra mídia compra tudo, Eu sei enfrentar o governador, Eu tenho tudo sobre o Marconi. Inclusive Ele pedindo dinheiro para o Carlinhos cachoeira”.

  • Transporte no Entorno
O candidato ao Senado fala que o entorno é uma maquina de votos de Marconi que além de comprar os votos compra os prefeitos destas cidades, disse:  
"Goiás tem a pior segurança pública do Brasil, supera o Rio de Janeiro e o governador gastou 1 bilhão com PROPAGANDA para enganar a população inclusive comparando prefeitos”

Em relação ao transporte do Entorno, Kajuru afirma que é um problema muito mais grave do que imaginamos, demonstra os contratos afirmados com as empresas que alem de prestar um péssimo serviço a população é regida por um cartel conhecido nos transportes do Brasil.

"O transporte público em Goias é um Cartel, com um regime que começou em 1970 e que o contrato termina em 2044, é uma vergonha, nem gado é tratado como o cidadão dentro desses ônibus. Quem está comandando este cartel, eu dou os nomes, Odilonzinho Santos da viação Araguarina e Hailé Pinheiro dono da HP Transportes."





COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "KAJURU DENUNCIA CARTEL NO TRANSPORTE PÚBLICO DO ENTORNO"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial