ALUNOS PAGAM PELO DESENTENDIMENTO ENTRE DF-TRANS E ESCOLAS



FOTO; INTERNET-DFMOBILIDADE

Famílias de alunos inscritos no programa Passe Livre Estudantil estão recebendo e-mail do DF-Trans, órgão de transporte do governo do Distrito Federal, informando que o benefício será suspenso porque as escolas públicas onde estão matriculados não eviaram o comprovante de frequência, como manda a lei.


O absurdo da situação tem sido alvo de protestos dos pais, porque o DF-Trans decidiu punir o aluno pela falha atribuída à escola pública. Afinal, trata-se de dois órgãos públicos ineficientes, DF-Trans e escolas, prejudicando os alunos que nada têm com isso.

O assunto foi mencionado pelo pai de aluna da escola pública CEF Miguel Arcanjo, em São Sebastião, em mensagem enviada ao programa Gente Brasília, da rádio BandNews FM, reclamando que o filho estava sendo punida pela incompetência do governo.

O vice-diretor de escola pública no Itapoã, que se identificou como PC Salvaci, ouvia o programa e reagiu com outra mensagem, informando que a alegação do DF-rans não procede. Disse que ele enviou pessoalmente o comprovante de frequência ao DF-Trans, “mas mesmo assim, os alunos continuaram a receber a mensagem”.

O órgão de transporte público confirmou o envio da correspondência aos pais e alunos por e-mail. E informou que os alunos é que têm que se virar, cobrando das escolas o envio do comprovante de frequência.


Com Tudo Ok Notícias
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "ALUNOS PAGAM PELO DESENTENDIMENTO ENTRE DF-TRANS E ESCOLAS"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial