DETRAN A CAÇA DOS CONDUTORES SUSPENSOS

Número de autuações de motoristas com a CNH suspensa ou cassada cresceu 225%.

DF MOBILIDADE


Desde o início do ano, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) intensificou as ações de fiscalização voltadas aos condutores que tiveram o direito de dirigir suspenso ou cassado, mas continuam dirigindo. No primeiro semestre de 2017, foram autuados 603 condutores impedidos de dirigir, o número é 225% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram flagrados 185 infratores.



Em abril, o Detran criou a Operação Pontos para a Vida, que é voltada a monitorar e retirar das vias os motoristas que foram penalizados e continuam cometendo infrações. Segundo um levantamento da Diretoria de Policiamento e Fiscalização de Trânsito (Dirpol), cerca de 1.500 condutores podem estar descumprindo a penalidade. A partir dos pontos registrados na CNH dos infratores flagrados na Operação, é produzido o Placar da Vida, que demonstra o risco que tais condutores trazem a segurança do trânsito. Em três meses de Operação, foram autuados 139 condutores suspensos e cinco cassados, que somam juntos 4.957 pontos relativos a infrações de trânsito.



A intensa fiscalização já refletiu nos acidentes. No ano passado, nove condutores com o direito de dirigir suspenso envolveram-se em acidentes de trânsito com mortes, neste ano não houve nenhum registro. Segundo o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, o objetivo é continuar dando prioridade as ações que visam impedir que infratores contumazes coloquem em risco a segurança do trânsito.

Dirigir com a CNH suspensa é crime

O condutor suspenso que for flagrado dirigindo recebe a multa de R$ 880,41 e responde ao processo de cassação de CNH. Nesse caso, só poderá conduzir veículo após dois anos, além de ser obrigatório realizar todo o processo de habilitação novamente.


De acordo com o art. 307 do Código de Trânsito Brasileiro, a violação da suspensão ou da cassação da habilitação configura crime, com detenção de seis meses a um ano. Desde o início da Operação Pontos para a Vida, 21 condutores foram encaminhados a Polícia Civil e responderão ao processo criminal.
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "DETRAN A CAÇA DOS CONDUTORES SUSPENSOS "

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial